Skip to Main content Skip to Navigation
Journal articles

Trabalho em equipa em Portugal: Uma década de progresso

Résumé : Na última década em Portugal assistimos à explosão do número de estudos acerca dos fatores psicológicos e contextuais que antecedem a eficácia das equipas em ambientes de trabalho complexos e extremos. Esta investigação tem-se centrado em torno dos aspetos comportamentais (e.g. coordenação, liderança), cognitivos (e.g. modelos mentais partilhados, sistemas de memória transitiva) e afetivos (e.g. coesão, team work engagement) que nos ajudam a explicar por que razão algumas equipas têm um desempenho melhor, estão mais satisfeitas com o seu trabalho e acreditam que são mais viáveis (mesmo as que trabalham em condições adversas). Ao longo deste artigo, fazemos não só uma revisão da investigação feita sobre o tema do trabalho em equipa nos últimos dez anos em Portugal, como estabelecemos pontes com outros trabalhos internacionais e apresentamos algumas sugestões para o futuro da investigação desta área na próxima década.
Complete list of metadata

https://hal.archives-ouvertes.fr/hal-02973494
Contributor : Valorisation Service <>
Submitted on : Wednesday, October 21, 2020 - 10:00:34 AM
Last modification on : Monday, March 29, 2021 - 11:30:05 AM

Links full text

Identifiers

Collections

Citation

Pedro Marques-Quinteiro, António Cunha Meneses Abrantes, Patrícia Costa, Luís Curral, Ana Margarida Graça, et al.. Trabalho em equipa em Portugal: Uma década de progresso. Psicologia Clínica, Universidade Católica do Rio de Janeiro, 2020, 34 (1), pp.24-42. ⟨10.17575/psicologia.v34i1.1468⟩. ⟨hal-02973494⟩

Share

Metrics

Record views

47